Vietname (VN)


O Vietname está no sudeste asiático e condivide suas fronteiras com a China, o Laos, o Camboja e com o Mar da China Meridional.

Geografia:
O país estende-se das planícies do delta ao sul, por toda costa oriental do Mar da China Meridional até aos planaltos no interior. A extensão de norte ao sul é de 1.700 km e de leste ao oeste é de cerca de 600 km. A faixa mais estreita do país está ao centro, com 50 km. Os relevos do Vietname são muito diversificados e podem ser divididos em cinco regiões basicamente: na fronteira com a China, está o grandioso relevo montanhoso do Planalto de Yunnan, que é muito popular entre os montanhistas por oferecer panoramas espetaculares. Este terreno montanhoso declina suave e harmonicamente na planície fértil ao longo do delta do rio Vermelho, onde encontra-se a capital, Hanói. Mais ao oeste, esta planície plana eleva-se no Planalto Anamês, que ocupa toda a porção central do país e prolonga-se até ao Vietname Meridional - esta zona é a menos povoada de todo o país. Ao oeste deste planalto, a faixa costeira anamesa prolonga-se ao longo do Mar da China Meridional, que é muito povoada devido às condições climáticas favoráveis. Bem ao sul, encontra-se o delta do Mekong, uma planície fértil e extremamente habitada, em que encontra-se a metrópole de Ho-Chi-Minh.

Montanhas e rios:
A Phan-Xi-Pangs, no planalto de Yunnan, é a montanha mais alta do Vietname, com 3.134 metros de altura. O Mekong é o maior rio do país e sua artéria vitel, com 4.500 km. É um dos rios mais longos da terra.

Clima e melhor época de viagem:
O clima do Vietname difere basicamente por duas características. Ao norte domina um clima tropical temporado; ali existem estações mais frias entre Novembro e Abril e um quente até muito quente, entre Maio e Outubro. Ao sul, ao contrário, o clima é tropical com o típico período da chuva, entre Maio e Outubro. Durante o período de chuvas, principalmente no delta do Mekong, há o surgimento dos terríveis tufões que provocam grandes inundações. Ao total, pode-se dizer que o período mais apropriado para uma visita em termos climáticos é entre Outubro e Abril.

Idioma:
O idioma oficial do país é o vietnamita. O inglês estabeleceu-se como língua estrangeira em todo o país. Fora das zonas turísticas, é difícil e problemático o descobrimento do país com conhecimentos de francês e mandarim (chinês).

Saúde e vacinação:
É obrigatório um check up com refrescamento das vacinações referentes à hepatites A, tétano, difteria e pólio. Além disto, há grande risco de contracção de malária, principalmente durante o período das chuvas. Aconselhamos igualmente roupas que cubram todo o corpo; repelentes contra moscas e insetos que transmitem enfermidades viróticas; e mosquiteiros. Por favor, informe-se, atempadamente, junto ao seu médico de família sobre possíveis profilaxias. Somente em grandes cidades e em centros turísticos estão assegurados bons serviços de assistência médica. É importante possuir um seguro de saúde válido em todo o mundo e que assegure explicitamente a repatriação do Vietname ou a transferência para um outro país, em casos de emergência. Além disto, recomendamos o consumo de água engarrafada; os frutos devem ser descascados e as verduras e legumes deverão ser cozidos. Visto haver perigo de infecção, deve-se portar também um pequeno kit de remédios consigo.

Entrada no país:
É necessário visto. Os cidadãos portugueses que pretendam deslocar-se ao Vietnamedevem ser portadores de passaporte cujo prazo de validade mínimo seja, à data de entrada no país, de, pelomenos,6 meses.
http://www.chinhphu.vn/portal/page?_pageid=439,1090397&_dad=portal&_schema=PORTAL ou http://www.chinhphu.vn/portal/page?_pageid=439,7226409&_dad=portal&_schema=PORTAL

Chegada e prosseguimento da viagem:
Existem excelentes conexões semanais nonstop entre Frankfurt (FRA) e o Ho-Chi-Minh (SGN), oferecidas pela Vietnam Airlines (VN). De Lisboa (LIS) há voos oferecidos pela KLM (KL) em codeshare com a Thai Airways International (TG) ou com a Bangkok Airways (PG) com escala em Amsterdão (AMS) e Banguecogue (BKK); pela Lufthansa (LH) em codeshare com a Thai Airways International (TG) com escala em Frankfurt (FRA) e Banguecogue (BKK); pela Qanta Airways (QF) em codeshare com a British Airways (BA) e Thai Airways International (TG) com escalas em Londres-Heathrow (LHR) e Banguecogue (BKK); pela China Airways (CI) em codeshare com a KLM (KL) e a Bangkok Airways (PG) com escalas em Amsterão (AMS) e Banguecogue (BKK). Boas conexões de voos domésticos são oferecidos pela Vietnam Airlines (VN) para Dalat (DLI), Hué (HUI) ou para Da Nang (DAD).

Capital:
A capital, Hanói, encontra-se às margens do rio Vermelho. É menor e mais tranquila do que Ho-Chi-Minh, ao sul. Além do conhecido templo da literatura, do século XI, a cidade encanta por sua pequenas vielas, lagos magníficos e o mausoléu a Ho-Chi-Minh.

Atrações turísticas e praias:
Merece principalmente ser vista Ho-Chi-Minh. Não é somente a maior, mas também a cidade mais importante económica e culturalmente de todo o país. Entre as atracções turísticas mais conhecidas da cidade está o pagode de Giac-Lam, a romântica catedral de Notre Dame, o palácio da Reunificação e o mercado asiático vívido de Cho-Binh-Tay, no bairro chinês de Cholon.

Interessante também é Ðà Lat, uma cidade ao sul da terra montanhosa, que possui um clima muito agradável durante todo o ano por causa de sua altura (1.475 metros). As suas vizinhanças, que assemelham-se a um parque, rico em lagos pitorescos, cascatas espetaculares, florestas densamente verdes. É um destino de viagem muito popular de vietnamitas e turistas. Há boas possibilidades de caminhadas e passeios de bicicletas. Os vietnamitas chamam Ðà Lat também a «Pequena Paris».

A localidade Nha Trang ao oeste de Ðà Lat, na costa, é conhecida por sua praia com 6 km. As águas límpidas e azuis são convidativa ao mergulho. É uma localidade muito vívida, com muitos pescadores, que oferecem a turistas ávidos por paz e sossego a possibilidade de serem levados de barco até às ilhas vizinhas, que são mais tranquilas.

Ao norte de Nha Trang, está Hué, considerada por muitos turistas a cidade mais bonita de todo o pais. Hué é o centro cultural e religioso, às margnes do rio Perfume. O pagode octogonal de Thien-Mu, com 21 metros de altura, é a construção mais conhecida do Vietname e o símbolo inoficional da cidade.

A cerca de 50 km ao norte da cidade Dong Hoi está o parque nacional de Phong Nha-Ke Bank. Este parque nacional compreende a segunda maior zona de calcáreo do mundo, com inúmeras cavernas. É um paraíso para os espeleológos, especialmente populares são as cavernas com rios subterrâneos.

Imperdível:
A atração turística inedubitavelmente mais conhecida em todo o Vietname é a baía de Ha-Long (em vietnamita: Baía dos Dragões Mergulhadores), a cerca de 150 km ao oeste de Hanói. Em uma área total de cerca de 1500 km² elevam-se ilhas calcáreas das águas verde-esmeralda. Nas ilhas há incontáveis praias, grutas formadas pela erosão e densas floresta. Cát Bà não é só a maior, mas também a ilha mais bonita de toda a baía de Ha-Long. Desde 1994, esta reserva natural biosférica pertence ao património da humanidade, declarado pela UNESCO. Seus variados sistema ecológicos são simplesmente inacreditáveis. Entre os pontos altos deste relevo contam florestas tropicais sempre verdes, pântanos de água doce, florestas paludes, cascatas, praias e os atóis diante das ilhas.

Religião:
A maioria da população vietnamita vive no interior - cerca de 88%, formada por cerca de 53 minorias étnicas.

Cidades grandes:
Ho-chi-Minh-Stadt, Hanoi, Haiphong, Ðà Nang, Bien Hoa, Hué, Nha Trang