Turquemenistão (TM)


  • Land Turquemenistão
  • Continente: Ásia
  • Área: 488,100 km²
  • Habitantes: 5,120,320
  • Capital: Aşgabat
  • Código ISO: TM
  • Idioma oficial: turcomeno
  • Prefixo: +993
  • Moeda: manat turcomano
  • Matrícula automóvel: TM
  • Outras denominações: Turcomenistão
  • Rotas de Turquemenistão: 209
  • Rotas para Turquemenistão: 258
  • Aeroportos mais procurados: Ashgabat - Ashkhabad (ASB)
  • Cidades grandes: Aşgabat, Turkmenabad, Mary, Balkanabat, Bayramaly, Turkmenbashi, Tejen, Büzmeýin, Gowurdak, Kerki, Yolöten, Annau, Gumdag, Bäherden, Boldumsaz
  • Companhia com sede em Turquemenistão: Turkmenistan Airlines

O Turquemenistão é o país mais meridional da Ásia Central, que condivide suas fronteiras, em sentido horário, com o Mar Cáspio, o Cazaquistão, o Usbequistão, o Afeganistão e o Irão.

Geografia:
O Turquemenistão é um país desértico. Ao leste, próximo ao Mar Cáspio, a terra eleva-se escarpadamente até ao planalto de Krasnovodsk. Este planalto estende-se ao sudeste em direcção ao interior do país até ao Irão, onde elevam-se as montanhas de swl Kopet Dag. Após estas montanhas, encontra-se o grande deserto de Korakorum, que ocupa cerca de 80% da superfície do país. É marcante para o relêvo em geral do Turquemenistão. Esta paisagem desértica eleva-se ao oeste, em direcção ao Afeganistão e ao Usbequistão lentamente, onde encontram-se os sopés da cordilheira afegã de Gissar. Ali está a Ayribaba, a montanha mais alta do país, com 3.139 metros de altura, na fronteira com o Usbequistão.

Montanhas e rios:
A maior montanha do Turquemenistão é o Gora Ayribaba, com 3.139 metros, na fronteira com o Usbequistão. O maior rio do país é o Amu Dária, com 2.580 km. Ele nasce da confluência entre vários pequenos rios na fronteira Afeganistão-Tadjiquistão e percorre todo o país em direcção noroeste até desembocar, finalmente, no delta do Mar de Aral, ao sul.

Clima e melhor época para visitar:
O Turquemenistão possui um clima marcadamente continental, com verões extremamente quentes e meses de inverno muito frios. Portanto, melhor época para visitar é na primavera e no outono, quando o clima é mais suportável. Um período de chuvas não há nesta faixa de terra. As chuvas são muito raras e caem somente no cinturão de oásis ao sul durante o início do ar. Nesta época, relativamente curta, dá-se o florescimento nesta paisagem inóspita, que cobre-se, então, de tons encarnados e amarelos.

Idioma:
O idioma oficial é o turcomeno, muito próximo do turco e do azeri. Devido ao facto de a população turquemena ser composta por vários povos e etnias, o russo desempenha um papel fundamental como língua de relação. Dependendo da região, a população fala arménio, ucraniano, tártaro, azeri, cazaque e balúchi.

Saúde e vacinação:
Recomenda-se a vacinação contra hepatite A, tifo, poliomielite, difteria e tétano. Aconselham-se igualmente roupas que cubram todo o corpo e repelentes contra moscas e insetos que transmitem enfermidades viróticas. Há possibilidade de contracção de malária não-letal, sob a forma do plasmodium vivax, ocasionalmente durante os meses Junho até Setembro, em algumas aldeias do sudeste do país. Por favor, informe-se, atempadamente, junto ao seu médico de família sobre possíveis profilaxias. Somente na capital Asgabate estão assegurados bons serviços de assistência médica. É importante possuir um seguro de saúde válido em todo o mundo e que assegure explicitamente a repatriação do Turquemenistão ou a transferência em um outro país, em casos de emergência. Além disto, recomendamos o consumo de água engarrafada; os frutos devem ser descascados e as verduras e legumes deverão ser cozidos. Visto haver perigo de infecção, deve-se portar também um pequeno kit de remédios consigo.

Entrada no país:
Para viajar para o Turquemenistão é necessária a obtenção atempada de um visto de entrada junto dos respectivos postos consulares, em Paris ou em uma outra cidade da Europa. O passaporte deve ter uma validade superior a 6 meses após a data final da viagem constante do visto. Osestrangeirosdevem registar obrigatoriamente, no prazo de 24 horas após a sua entrada no país, os respectivos vistos junto da delegação local do Ministério do Interior. O incumprimento desta obrigação poderá levar à expulsão do país ou mesmodetenção. É obrigatório transportar sempre consigo o passaporte e o respectivo visto. A sua inexistência quando solicitado pela polícia poderá levar à detenção. Os controles são frequentes. Para maiores informações a respeito de recentes determinações legais quanto à vacinas, entrada e segurança, informe-se junto ao consulado ou no seguinte enlace:
http://www.turkmenistanembassy.org/turkmen/info/visainfo.html ou http://www.turkmenistanembassy.org/turkmen/info/Emb-Consulates.html

Chegada e prosseguimento da viagem:
Não há voos directos de Portugal para Ashgabat. De Lisboa (LIS), há voos oferecidos pela Brussels Airlines em codeshare com a Turkish Airlines com escala em Bruxelas (BRU) e Frankfurt (FRA); pela Air France (AF) em codeshare com a Turkish Airlines (TK) com escala em Paris (CDG) e Istambul (IST); pela TAP Air Portugal (TP) em codeshare com a Ibéria (IB) e a Turkish Airlines (TK) com escala em Madrid (MAD) e Istambul (IST). Voos domésticos são oferecidos pela Turkmenistan Airlines(T5). Há voos domésticos regulares para Dashoguz (TAZ), Turkmenabad (CRZ), Turkmenbashi (KRW) e para Mary (MYP). Por favor, tenha atenção ao facto de que os bilhetes domésticos são pagos em divisas normalmente e aos estrangeiros são cobrados preços mais altos pelos bilhetes.

Capital:
A capital, Asgabate, abriga cerca de 850.000 habitantes. É a maior cidade do Turquemenistão e localiza-se no deserto de Karakum, próxima ao maciço de Köpetdag-Gershi, não distante da fronteira com o Irão. 1948, Asgabate foi destruída em grande parte por um terramoto. Por este motivo, não há uma cidade velha oriental típica para a Ásia Central. O centro da Asbagate é marcado por construções em aço, que são anti-sismos. Entre as atracções turísticas que oferece, estão o museu de arte, o museu de geografia aplicada, o museu histórico, o jardim botánico e algumas grandes mesquitas, tal como a mesquita de Azadi, que é a mais bonita pois assemelha-se à mesquita azul de Istambul. É chamativo em Asgabate também o arco da neutralidade. É a construção mais alta da cidade, em cujo cimo encontra-se uma estátua dourada do ditador Nyýazow; bem como fontes supra-dimensionais espalhadas por toda a cidade. Um contraste absurdo com o deserto, às portas da cidade. Um pouco distante de Asgabate está a antiga cidade de Nisa, que foi a capital do antigo e poderoso reino de Parthien, no século III. Embora muitos artefactos daí oriundos encontrem-se no museu de geografia aplicada de Asgabate, em Nisa encontram-se ainda muitas obras-de-arte em mármore, que relevam uma forte influência helenística.

Atrações turísticas:
No Turquemenistão, merece ser visto principalmente a cidade-oásis de Merv, que está a 30 km antes de Mary, a segunda maior cidade do país. Esta antiga região foi declarada património da humanidade pela UNESCO. Ela espalha-se por um areal de 120 km², foi a segunda maior cidade do mundo muçulmano e um importante centro de comércio na rota da seda até ser destruída 1221 pelas hordas guerreiras de Gêngis Khan. Especialmente interessante e merecedor de uma visita é o impressionante mausoléu do sultão Sanjar, construído em 1140 e o armazém de gelo do século XII, em que se podia guardar blocos de gelo por até 2 anos. Uma outra atracção no país está na cidade de Köneürgenc, a 500 km ao norte de Asgabate, nos limites do deserto de Karakorum. Ali está a Kutluk-Timur, o minarete mais alto da Ásia Central, com 62 metros de altura.

Mas a atracção mais interessante no Turquemenistão é, sem dúvida, as pegadas de dinossauro no parque nacional de Kugitang. Ele encontra-se no extremo sudeste do país, perto da fronteira com o Usbequistão e Afeganistão. Em uma meseta foram descobertas pegadas das patas de dinossauros enormes, com cerca de 80 cm, que pesavam aparentemente cerca de 10 toneladas. Outra atracção do parque nacional são várias cavernas com estalactites e a montanha de Ayribaba, cujo cimo está coberto com neve quase durante todo o ano.

Religião:
Cerca de 90% da população é praticante do islão sunita; mas há no país também cerca de 9% de cristãos ortodoxos-russos e pequenas minorias de diversas crenças religiosas, bem como judeus.

Cidades grandes:
Asgabate, Chärjew, Daşoguz, Mary, Nebitdag e Balkanabat