Tonga (TO)


Tonga é um estado independente no Pacífico Sul, composto por 173 ilhas e atóis, dos quais apenas 45 são habitados. As mais maiores e populosas destas ilhas são Tongatapu, 'Eua e o agrupamento de ilhas de Ha'apai e Vava'u. Tonga é o únco estado na Oceania que nunca foi colonizado por europeus e sempre foi governado por um monarcas. As ilhas não têm vizinhos directos devido à sua localização. A Nova Zelândia, um vizinho, está a cerca de 2.000 km de distância.

Geografia
:
Tonga encontra-se no centro do cinturão de fogo do Pacífico, que inicia-se no Japão e estende-se como uma meia-lua por todo o Pacífico Sul. Todas as ilhas têm origem vulcânica e, em grande parte, possuem recifes de corais. Alguns destes vulcões ainda são activos, como antes, por exemplo: o vulcão submarino de Vava'u que entra em erupção de vez em quando. Muitas ilhas ao norte possuem colinas cobertas por matas densas, altas falésias e praias maravilhosas, que fazem o coração de todo visitar tocar mais forte, pois muitas destas ilhas e atóis foram declarados pelo rei como reservas naturais.

Montanhas e rios:
A maior elevação de Tonga é um monte não denominado, com 1.033 metros de altura, na ilha Kao. Não há grandes rios em Tonga. O maior lago deste estado insular é o lago de águas quentes em uma cratera vulcânica, na ilha de Tofua.

Clima e melhor época para visitar:
O Reino de Tonga possui um clima tropical relativamente constante, com um período de chuva de Dezembro até Março. As estações do ano como na Europa praticamente não existem. Só há estação de chuva e seca. Durante o período das chuvas há todos os anos sempre tufões que assolam a ilha. Por tanto, o melhor período para visitá-las é entre Maio e Outubro.

Idioma:
O idioma oficial é tongolês. Mas inglês também é compreendido por quase todos a população.

Saúde e vacinação:
Recomenda-se a vacinação contra hepatite A, tifo, poliomielite, difteria e tétano. Aconselham-se igualmente roupas que cubram todo o corpo e repelentes contra moscas e insetos que transmitem enfermidades viróticas. Somente em Nuku'alofa e e em algumas ilhas turísticas de Ha'apai e Vava'u estão assegurados serviços de assistência médica conforme os padrões europeus. Consultas médicas de urgência só são realizadas mediante pagamento em espécie. É importante possuir um seguro de saúde válido em todo o mundo e que assegure explicitamente a repatriação de Tonga em casos de emergência. Além disto, recomendamos o consumo de água engarrafada; os frutos devem ser descascados e as verduras e legumes deverão ser cozidos. Visto haver perigo de infecção, deve-se portar também um kit de remédios consigo.

Entrada no país:
Os cidadãos nacionais deverão apresentar para a emissão do visto de turista: passaporte com validade mínima de seis meses, bilhete de ida e volta, reserva de alojamento e prova de meios de subsistência. Como actualmente há exigência de visto de turista, este será emitido à entrada no país para um período máximo de 31 dias. Uma prorrogação no local é possível para no máximo 5 meses por ano. Aos visitantes com menores, recomendamos que estes estejam munidos com passaporte de menor individual com fotografia. Contudo, se o menor estiver inscrito no passaporte de um dos genitores que o acompanhem, poderá entrar no país.
Para maiores informações a respeito de recentes determinações legais quanto à vacinas, entrada e segurança, informe-se junto ao consulado ou no seguinte enlace: http://www.secomunidades.pt/web/guest/listapaises/

Chegada e prosseguimento da viagem:
A viagem até Tonga é muito longa, pois está exactamente do outro lado do planeta. A duração do voo, conforme a rota, é de 30 horas. Por motivo desta posição geográfica, há à disposição do visitante várias rotas distintas. Practicamente a partir de todos aeroportos europeus pode-se viajar para Tonga via Estados Unidos da América, Argentina ou Ásia, Austrália, respectivamente, Nova Zelândia.

A conexão mais vantajosa em termos de tempo com Tongatapu (TBU), embora com duas ou três escalas, é pela Ásia (por Banguecoque (BKK), Singapura (SIN) ou Kuala Lumpur (KUL) e Austrália (Sydney (SYD), Brisbane (BSE)), respectivamente, Nova Zelândia (Auckland (AKL)). Até a Nova Zelândia, o visitante poderá viajar com quase toda grande companhia aérea que opera internacionalmente, como por exemplo: Singapore airlines (SQ), Air New Zealand (NZ) ou a Qantas (QF). O prosseguimento da viagem dá-se com a Virgin Blue (DJ), a Polynesian Blue ou a Air Pacific (FJ) até Tonga.

*A conexão mais vantajosa em termos de tempo com Tongatapu (TBU), embora com duas ou três escalas, é pela Ásia (por Banguecoque (BKK), Singapura (SIN) ou Kuala Lumpur (KUL) e Austrália (Sydney (SYD), Brisbane (BSE)), respectivamente, Nova Zelândia (Auckland (AKL)). Até a Nova Zelândia, o visitante poderá viajar com quase toda grande companhia aérea que opera internacionalmente, como por exemplo: Singapore airlines (SQ), Air New Zealand (NZ) ou a Qantas (QF). O prosseguimento da viagem dá-se com a Virgin Blue (DJ), a Polynesian Blue ou a Air Pacific (FJ) até Tonga.

* As rotas pelo continente norte-americano contém uma escala em Los Angeles (LAX) ou San Francisco (SFO), uma outra escala em Samoa (Apia-APW) e ainda uma outra em Auckland ou em Sydney. A partir destes aeroportos, o prosseguimento da viagem dá-se com uma das companhias aéreas mencionadas na rota a partir da Ásia.

*A conexão mais longa, com a Aerolíneas Argentinas (AR), a partir de Madrid (MAD) e Buenos Aires (BUE) para Auckland ou Sydney somente é recomendável, caso se deseje conhecer o continente sul-americano. É a mais longa de todas as rotas.

Em Tonga, entrementes, todas as ilhas habitadas podem ser acedidas por avião. Há voos regulares de Tongatapu, no arquipélago de Vava'u (VAV) para Ha'apai (HPA), Eua (EUA), Biuafo'ou (NFO) ou Niuatoputapu (NTT) que são oferecidos pela companhia aérea privada Peau Vava'u (PVL). Uma outra companhia que possui vários destinos é a NiU Airlines. Por favor, atente que deverá reservar seu bilhete atempadamente, pois os bilhetes de voos de muitas rotas terminam rapidamente. Uma outra particularidade de Tonga é que o domingo é realmente um dia sagrado e, portanto, não há voos aos domingos.

Uma possibilidade económica para visitar e explorar as ilhas paradisíacas do Pacífico Sul é com o passaporte aéreo „Visit South Pacific“ das seguintes companhias aéreas: Quantas (QF), Air Caledonie (TY), Air Nauru (ON), Air Niugini (PX), Air Pacific ( FJ), Air Vanuatu (NF ), Polynesian Airlines (PH ) bem como Solomon Airlines (IE ) que é válido na Austrália, Nova Zelândia e no Pacífico Sul. Este passaporte permite que os seguintes destinos sejam servidos: Sydney, Brisbane, Melbourne (MEL), Wellington (WLG ), Auckland (AKL), Christchurch (CHC) e os vários aeroportos das ilhas Cook, das ilhas Fiji, em Nauru, Nova Caledónia, Samoa, Taiti, Tonga e Vanuatu. Este passaporte, muito vantajoso e flexível, é válido somente em combinação com um bilhete internacional. O passageiro deverá comprar este passaporte (2 e 8 bilhetes, no máximo) antes da chegada no Pacífico Sul. É recomendável evitar principalmente a reserva prévia de determinados destinos durante o período de férias principal no Pacífico Sul.

Capital:
A capital de Nuku'alofa é também simultaneamente a sede do governo do Reino de Tonga, com cerca de 30.000 habitantes. Este local está na costa setentrional de Tongatapu há alguns centímetros do nível do mar e abriga cerca de 20% da população. A tradução do nome da capital em português é „O lar do amor“. É uma grande aldeia e o único centro econômico e o nó de trânsito. Entre as atracções turísticas de Tonga está o palácio real feito com pinho de Norfolk. Apesar de não se poder visitá-lo e seus muros não serem muito altos, pode-se saber se o rei ali se encontra ou não, se a bandeira estiver hasteada ou não. Outras atracções são os túmulos reais de Mala'ekula na Tauf'ahau Street, pequenas igrejas de madeira e o mercado central, onde pode-se adquirir frutas e souvenirs.

Atrações turísticas e praias:
Tonga é, em primeiro lugar, o destino de aventureiros, de velejadores e mergulhadores e possui praias lindas em suas costas vulcânicas. Principalmente no agrupamento insular de Vava'u a estrutura turística foi fortemente apoiada, pois só ali há muitas praias excelentes, recifes de coral e uma vegetação generosa. Além disto, este arquipélago abriga uma fauna marinha com mais de 100 tipos de peixes tropicais, que é um deleite para os mergulhadores. Muitas ilhas foram declaradas pelo rei como reservas naturais, entre as quais: o parque nacional de Eua, o Tonga Wildlife Centre e o arrecife de coral a 14 km ao norte de Nuku'alofa. Ali encontra-se o Blow Holes, a atração turística mais impressionante de toda ilha. Blow Holes são aberturas e cavernas nos recifes de coral, dos quais há jatos de água do mar e donde são emitidos tons. Por esta atração, esta região costeira é chamada pelos nativos de Mapu'a Vaea, o que significa em português: flauta do rei. Outras atrações turísticas em Tongatapu são os túmulos reais de coral em terraço com 800 anos, perto de Langi; trilith torgogen, perto de Ha'amonga com 40 toneladas e 4 metros de altura, que antigamente serviu como calendário e as praias de Anahulu, Olehei, Ha'atafu e Monotapu que são muito apreciadas por mergulhadores e surfistas.

O arquipélago, turisticamente mais explorado, é Vava'u que está a cerca de 250 km ao norte de Tongatapu e compõe-se de cerca de 50 ilhas e atóis com matas densas. Além de boas conexões por ferry que dirigem-se para esta zona diariamente e aviões. Todas as praias de Vava'u são excepcionalmente belas e oferecem possibilidades para a prática de desportos aquáticos.

Religião:
A população de Tonga é 100% cristã - metodistas, católicos, mórmãos, adventistas e testemunhas de Jeová. Só na ilha de Tongatapu há mais de 300 igrejas para apenas 70.000 habitantes.

Cidades grandes:
Nuku’alofa, Neiafu, Haveluloto