Lesoto (LS)


  • Land Lesoto
  • Continente: África
  • Área: 30,355 km²
  • Habitantes: 1,867,035
  • Capital: Maseru
  • Código ISO: LS
  • Idioma oficial: sosoto, inglês
  • Prefixo: +266
  • Moeda: loti
  • Matrícula automóvel: LS
  • Rotas de Lesoto: 67
  • Rotas para Lesoto: 115
  • Aeroportos mais procurados: Maseru (MSU)
  • Cidades grandes: Maseru, Mafeteng, Hlotse, Maputsoe, Qacha's Nek, Quthing, Butha-Buthe, Mokhotlong, Thaba-Tseka, Teyateyaneng, White Hill, Van Rooyens Gate, Upper Qeme, Tsupane Gate, Tsoloane

Lesoto é um país africano sem saída para o mar e completamente delimitado pela África do Sul. O enclave dentro das montanhas de Drakensberg é o único país do continente africano cujo território encontra-se a um altura de 1.500 metros. Além do Lesoto só há três países completamente cercados por outro país: Vaticano, São Marino e Mónaco. A tradução de Lesoto é “ país das pessoas que falam soto”.

Geografia:
O Reino do Lesoto localiza-se no planalto sul-africano, nas montanhas de Dakensberg e é cortado por vales e gargantas. A maioria dos seus habitantes vivem na parte ocidental do país, no chamado Highveld, onde as montanhas declivam em colinas e planícies ao longo da fronteira com a África do Sul. A parte oriental, por sua vez, eleva-se até 3.400 metros de altitude.

Montanhas e rios:
A maior montanha do Lesoto e de toda a África do Sul é o Monte Thabana Ntelnyana, com 3.482 metros de altura, na parte oriental das montanhas de Drakensberg, directamente na fronteira com a África do Sul. Nestas montanhas nascem também os três rios mais importantes do país: Orange River, Caledon e Tugela.

Clima e melhor época para visitar:
O clima no hemisfério sul é diametralmente oposto ao do hemisfério norte, portanto quando é verão no Lesoto, é inverno em Portugal. O clima, devido à altitude do país, é temperado e constante. Somente no inverno, entre Junho e Agosto, pode ser muito frio em localidades altas, inclusive queda de neve é possível durante todo o ano. No verão geográfico, isto é, entre Novembro e Março, é muito quente nas planícies do reino. Neste período, também são possíveis as tempestades e aguaceiros

Idioma:
O idioma oficial do país é o sesoto. Mas o inglês é compreendido por toda a população por causa do protectorado inglês. Além destes idiomas ainda são falados pela população: zulu e/ou xhosa.

Saúde e vacinação
:
Recomenda-se a vacinação contra hepatite A, tifo, poliomielite, difteria e tétano. Recomendam-se igualmente roupas que cubram todo o corpo e repelentes contra moscas e insetos que transmitem enfermidades viróticas. Por favor, informe-se, atempadamente, junto ao seu médico de família sobre possíveis profilaxias. Somente em estão assegurados serviços de assistência médica. Em caso de enfermidades sérias ou de operações, o paciente deverá ser transferido para um hospital em Bloemfontein. Esta cidade sul-africana está apenas a 125 km ao oeste de Maseru. É importante possuir um seguro de saúde válido em todo o mundo e que assegure explicitamente a repatriação do Lesoto em casos de emergência. Além disto, recomendamos o consumo de água engarrafada; os frutos devem ser descascados e as verduras e legumes deverão ser cozidos. Visto haver perigo de infecção, deve-se portar também um kit de remédios consigo.

Entrada no país:
Os cidadãos nacionais deverão apresentar para a emissão do visto de turista o seu passaporte com validade mínima de seis meses. Este visto deverá ser solicitado antes do início da viagem, junto às autoridades do Lesoto. A permanência máxima é de três meses. Os visitantes menores de idade deverão estar munidos com passaporte individual com foto; poderá também entrar no país se estiver inscrito no passaporte de um de seus genitores. Como actualmente há exigência de visto de turista, este deverá ser requerido semanas antes do início da viagem, na Secção Consular da Embaixada do Lesotho.
Para maiores informações a respeito de recentes determinações legais quanto à vacinas, entrada e segurança, informe-se junto ao consulado ou no seguinte enlace:Portugal é servido por esta embaixada do Lesoto - High Commission of the Kingdom of Lesotho - 7 Chesham Place, Belgravia, London SW1 8HN - lesotho-london@foreign.gov.ls

Chegada e prosseguimento da viagem:
Até 1997 Lesoto não possui uma companhia aérea própria. A única companhia aérea internacional a operar em Maseru (MSU) é a sul-africana South African Airways (SA), a partir de Joanesburgo (JNB). Os voos domésticos no pequeno país são operados somente pela Mission Aviation Fellowship, um serviço aéreo cristão que opera em todo o mundo. A TAP Air Portugal (TP), a Lufthansa (LH) e a South African Airways (SA) oferecem voos indirectos via Frankfurt (FRA) e Joanesburgo (JNB) para (Maseru (MSU).

Capital:
A capital do Reino do Lesoto, Maseru, está ao oeste, directamente na fronteira com a África do Sul. Encontra-se o rio de Caledon, a 1.500 metros de altura. É a única grande cidade do país, com cerca de 100.000 habitantes. Maseru é moderna e possui a maior igreja católica do país. Entre as atracções turísticas estão o palácio do rei Letsie III, o cemitério histórico, as pinturas rupestres do povo San em Ha-Khotso e a fortaleza próxima de Thaba Bosiu, onde vivia o rei antigamente - actualmente é simplesmente uma ruína - e também o túmulos em pedra real.

Atrações turísticas e praias:
O ponto turístico principal do Lesoto são as montanhas de Drakensgebirge. Por este motivo, o Ministério do Turismo apoia esta parte do país há mais de 25 anos e oferece várias possibilidades para caminhadas e cavalgadas. Outros pontos fortes de Drakensberg é o desporto de inverno, tanto que o rei Skilifte ordenou a construção de pistas de esqui nos últimos anos. Sehlabathebe é a atracção mais bonita do Lesotho. A atracção especial do parque nacional é a «excursão de pónei», um meio de transporte ideal na «África suíça». Nestas excursões organizadas são mostrados as coisas «imperdíveis do parque». Entre outras atracções, o caminho para Semonkong passa pelas cataratas de Maletsunyane. Elas tem cerca de 192 metros de altura e são as mais altas de todo o continente.

Religião: Mais de 80% dos habitantes de Lesoto é cristã. Além destes há ainda um grande número de praticantes de religiões da natureza e também muçulmanos e hindus, que vieram da África do Sul como comerciantes e homens de negócios.

Cidades grandes e acomodação
:
Maseru, Teyateyaneng, Mafeteng, Hlotse, Mohale's Hoek e Maputsoa.