Guiné-Bissau (GW)


  • Land Guiné-Bissau
  • Continente: África
  • Área: 36,125 km²
  • Habitantes: 1,489,000
  • Capital: Bissau
  • Código ISO: GW
  • Idioma oficial: português
  • Prefixo: +245
  • Moeda: franco CFA
  • Matrícula automóvel: GUB
  • Outras denominações: Republica da Guiné-Bissau, Republic of Guinea-Bissau
  • Rotas de Guiné-Bissau: 135
  • Rotas para Guiné-Bissau: 175
  • Aeroportos mais procurados: Bissau (OXB)
  • Cidades grandes: Bissau, Bafatá, Gabu, Bissorã, Bolama, Cacheu, Bubaque, Catió, Mansôa, Buba, Quebo, Canchungo, Farim, Quinhamel, Xitole

A Guiné-Bissau está na costa atlântica da África Ocidental e condivide suas fronteiras com o Senegal e a Guiné. Ao território continental, somam-se ainda cerca de 80 ilhas que constituem o arquipélago dos Bijagós, separado pelos canais do rio Gêba, Pedro Álvares Cabral, Bolama e Canhabaque. Foi colónia portuguesa do século XV até sua independência em 1974.

Geografia
:
A República da Guiné-Bissau faz fronteira ao norte com o Senegal (fronteira conjunta de 338 km), e a este com a Guiné (fronteira conjunta de 386 km). O comprimento da zona fronteiriça equivale a 724 km, 350 km dos quais são parte da costa. Com uma área total de 36.125 km² o país é aprox. 10% mais pequeno do que a Suíça, sendo no entanto ainda de considerar, que aprox. 78% dessa área se encontra no continente.

Montanhas e rios:
Na superfície maioritária do interior, verifica-se uma faixa costeira bastante acidentada devido à erosão marinha à qual é de adicionar ainda o pântano costeiro. Anteposto à parte continental, encontra-se o Arquipélago de Bijagos, no Atlântico. O monte mais alto é o Madina do Boé, com 262 m. Os rios mais importantes são o rio Gêba, o rio Cacheu e o rio Corubal. As ilhas com maior importância para Guiné-Bissau são as Ilhas do Arquipélago de Bigajós: Ilha de Orango, Caravela, Bubaque, Roxa, Bolama, Uno e Formosa.

Clima e melhor época para visitar:
A Guiné-Bissau tem um clima tropical. Situada sensivelmente a meia distância entre o Equador e o trópico de Câncer, a Guiné-Bissau tem um clima quente e úmido característico das regiões tropicais. Tem duas estações: a quente e da da época das chuvas, o país também e composto por mais de 80 ilhas insulares que tem uma das melhores praias de costa da África Ocidental.
A época das chuvas começa em meados do mês de Maio e estende-se até meados de Novembro. Os meses de maior pluviosidade são Julho e Agosto. A estação seca e fresca corresponde aos restantes meses do ano. Os meses de Dezembro e Janeiro são os mais frescos. No entanto, as temperaturas são muito elevadas durante todo o ano.

Idioma:
O idioma oficial é o português e o crioulo da Guiné-Bissau (reconhecido, mas não oficialmente)

Saúde e vacinação:
Recomenda-se a vacinação contra hepatite A, tifo, poliomielite, difteria e tétano. Aconselham-se igualmente roupas que cubram todo o corpo e repelentes contra moscas e insetos que transmitem enfermidades viróticas. Há alta possibilidade de contracção de malária trópica (altamente factal) em todo o país. Por favor, informe-se, atempadamente, junto ao seu médico de família sobre possíveis profilaxias da malária. Somente em Bissau estão assegurados relativamente bons serviços de assistência médica. É importante possuir um seguro de saúde válido em todo o mundo e que assegure explicitamente a repatriação de Guiné-Bissau em casos de emergência. Além disto, recomendamos o consumo de água engarrafada; os frutos devem ser descascados e as verduras e legumes deverão ser cozidos. Visto haver perigo de infecção, deve-se portar também um kit de medicamentos consigo.

Entrada no país:
Os cidadãos portugueses deverão apresentar para a emissão do visto de turista: passaporte com validade mínima de seis meses, carta manuscrita pela pessoa com o seu nome, motivo da viagem, duração da estadia ou datas e itinerário; reserva do hotel e do avião. Antes do início da viagem, o visto deverá ser solicitado na Secção Consular da Embaixada da República de Guiné-Bissau, em Lisboa. Para maiores informações a respeito de recentes determinações legais quanto à vacinas, entrada e segurança, informe-se junto ao consulado ou no seguinte enlace: http://www.consuladogeralguine-bissau.org/servicos.php ou http://www.secomunidades.pt/web/guest/listapaises/

Chegada e prosseguimento da viagem:
Actualmente, há voos directos de Lisboa (LIS) para Bissau (OXB), oferecidos pela TAP Air Portugal (TP) e voos com escalas em Dacar (DKR), em codeshare com a Air Senegal (V7). Outros voos com escala são oferecidos também pela Ibéria (IB) a partir de Lisboa (LIS), via Madrid (MAD) e Dacar (DKR) até Bissau (OXB).

Capital:
A capital de Guiné-Bissau, Bissau, localiza-se no estuário do rio Geba, na costa atlântica. É a maior cidade do país e, simultaneamente, o centro administrativo, económico e cultural; e também o seu maior porto, de onde são exportados os principais productos de Bissau, mormente: amendoim. Cerca de 300.000 pessoas vivem em Bissau, que também é a capital do sector autónomo de Bissau. Uma grande atracção de Bissau é seu carnaval anual. Imperdíveis são também uma visita à Fortaleza d'Amura, com o mausoléu de Amílcar Cabral, o monumento do Memorial Pidjiguiti e o Instituto Nacional de Artes da Guiné Bissau.

Religião
: aprox. 50% são muçulmanos, aprox. 40% crenças animistas, aprox. 10% cristãos

Cidades grandes e acomodação: As maiores cidades da Guiné-Bissau são: Bissau, Bafatá, Gabú, Bissorã, Bolama e Cacheu. Nas cidades de Bissau, Buba, Cacheu e Farim existe um porto.