Bielorússia (BY)


  • Land Bielorússia
  • Continente: Europa
  • Área: 207,595 km²
  • Habitantes: 10,294,560
  • Capital: Minsk
  • Código ISO: BY
  • Idioma oficial: bielorusso, russo
  • Prefixo: +375
  • Moeda: rublo bielorusso
  • Matrícula automóvel: BY
  • Rotas de Bielorússia: 811
  • Rotas para Bielorússia: 821
  • Aeroportos mais procurados: Minsk (MSQ), Minsk-1 (MHP), Hrodna (GNA), Vitebsk (VTB), Brest (BQT), Gomel (GME)
  • Cidades grandes: Minsk, Gomel, Hrodna, Brest, Babruysk, Baranavichy, Pinsk, Orsha, Mazyr, Salihorsk, Navapolatsk, Lida, Polatsk, Svyetlahorsk, Slutsk
  • Companhia com sede em Bielorússia: Belavia - Belarusian Airlines

A Bielorússia é um país ao noroeste da Europa de Leste que faz fronteira com a Polónia, a Ucrânia, a Rússia, a Letónia e a Lituânia. O país está na planície da Europa Oriental em que passam várias correntes de montanhas e vários rios largos. Planícies sem fim, aldeias maravilhosas, antigos castelos, florestas originais e mais de 3.000 rios e lagos esperam o visitante.

Geografia:
Rios:
Os planaltos na Bielorússia está a maior elevação do país: Dsjarschynskaja Hara com 345 m. No sul do país, encontram-se os pântanos de Palasseje. Os rios Dniepre, Beresina, Prypjat e Memel são os mais importantes da Bielorússia.

Clima:
Na Bielorússia predomina um clima continental, com verões secos e quentes e invernos frios e com neves.

Idiomas:
Os idiomas oficiais são o bielorusso, com 80% da população e 12%, russo.

Personalidades:
Dado que pertenceu durante muitos anos ao Grão-Ducado da Lituánia, o país possui uma rica herança cultural, como por exemplo, o Castelo Mir. Também, culturalmente, o país teve vários criadores conhecidos tais como o pintor Marc Chagall, nascido em Wizebsk, ou o escritor Franzischak Skaryna ou Wassil Bykau.

Capital:
Minsk (bielorusso Мiнск ou Мeнск), capital da Bielorússia, está às margens do Rio Svislac, um afluente do Bjaresina. Minsk foi sempre um importante nó do tráfego e, atualmente, é o centro político, económico e cultural do país com 1,8 milhões de habitantes. Perto de Minsk, encontram dois aeroportos - um internacional e outro nacional, além de vários aeroportos regionais. O Aeroporto Internacional de Minsk encontra-se a cerca de 42 km ao leste da cidade. O aeroporto nacional, ao contrário, encontra-se diretamente em Minsk. Ali, há também uma universidade e outras instituições educacionais. Existem monumentos que merecem ser visitados como a cidade velha, a catedral ortodoxa do Espírito Santo, o antigo mosteiro dos Bernardinos e a câmara municipal reconstruída. Ao longo do Svislac encontram-se vários parques como o parque Janka-Kupala e o parque infantil de Maxim Górki. Outras atrações são a Ópera, a catedral de S. Pedro e de S. Paulo, o Monumento à Vitória na Grande Guerra da Nacional, o Monumento a Lenine e a Ilha das Lágrimas, o Monumento ao Soldado Caído no Afeganistão. Vale a pena também uma excursão ao subúrbio de Troitskoje Predmestje, onde tem-se uma impressão de como Minsk era antigamente. O subúrbio tem também casas construídas no século XIX, cujas fachadas são pintadas em amarelo, verde e tons quentes encarnados. O lago está circundado por uma densa floresta de pinheiros e é a área de lazer da população de Minsk.

Monumentos:
Merece também uma visita o monumento à memória de Khatyn, a 50 km da capital e foi ereto em 1969 por ocasião do 25° aniversário de libertação da Bielorússia. No monumento à memória são lembradas todas as aldeias destruídas e habitantes mortos. Durante a Segunda Guerra Mundial cerca de um quarto da população da Bielorússia foi exterminada.

No norte, na fronteira com a Lituânia e a Letónia há o belo parque nacional de Braslawskije Ozera. Este parque é um paraíso para pescadores e amadores de desportos aquáticos. Pode-se ainda observar ali animais como renas e ursos em seu habitat natural. Nos lagos, que conjuntamente tem 185 m2, vivem ainda mais de 30 tipos de peixes.

Da mesma forma, no norte a cidade de Polack no leste de Düna. Ela é considerada como a cidade mais antiga da Bielorússia. A localidade é - desde muito tempo - um centro da cristandade e a atração principal é a igreja de S. Sofia, que foi construída segundo o modelo da Hagia Sofia, em Istambul.

Cidades:
A cidade mais bonita e pictórica da Bielorússia é Hrodna, a 280 km ao oeste de Minsk e encontra-se na fronteira com a Polónia e a Lituania. As marcas da Segunda Guerra Mundial quase não são reconhecidas em Hrodna, pois não foi atacada e as edificações históricas foram quase completamente mantidas. Além de Hrodna, há outras grandes cidades: Minsk, Homel, Mahiljou, Wizebsk, Brest, Babruisk, Baranawiwtschy, Baryssau, Pinsk, Orscha e Masyr.

Religião:
Etwa 80% der Bevölkerung bekennen sich zum orthodoxen Glauben, daneben existieren noch ca. 10% Katholiken und Angehörige moslemischen und jüdischen Glaubens.
Cerca de 80% da população professa a fé ortodoxa; 10% são católicos, mulçumanos e judeus.