Belize (BZ)


Belize é um dos menores países na América Central, localizado ao sudeste da Península do Iucatão, no Mar das Caraíbas. E divide os 540 km de suas fronteiras com a Guatemala e o México. É o único país da América Central sem accesso direto com o Oceano Pacífico.

Geografia:
A superfície ao norte do país é composta por planícies tropicais, que originalmente eram cobertas pelo oceano e agora, por uma fina camada de solo, onde cresceu uma densa floresta tropical. Toda a costa caribenha é uma mistura de terra e oceano, ou seja, muito pantanosa. No interior, o solo arenoso eleva-se lentamente até formar um planalto, com altitudes de 1.100 metros, depois da cidade de Belize. Esta área pertence ao sopé das montanhas Maia, que estão nas fronteiras entre Belize e a Guatemala. O ponto mais alto no país é o pico Victória, com 1.122 metros de altura. É cercado por muitos sítios maias, com importância cultural.

Rios:
O rio «Belize River» é o mais longo do país, com 290 km e serve como rota de transporte de mercadoria às áreas isoladas na floresta tropical.

Clima:
Em Belize domina um clima tropical quente que sofre influências dos ventos alísios de nordeste. O clima é úmido e quente durante todo o ano, com altas temperaturas e umidade. Contudo, as altas temperaturas e humidade são arrefecidas pelos ventos das Caraíbas. A temperatura média diária no interior é perto de 26° C, com temperaturas relativamente altas à noite. A melhor época para visitar Belize é entre Dezembro e Abril, pois há menos chuvas e o clima é mais agradável.

Idioma:
O idioma oficial é o inglês. Cerca de 20% dos habitantes fala somente espanhol. Um inglês em forma de crioulo e várias línguas indígenas também são falados em algumas regiões.

Saúde e vacinação:
Recomenda-se a vacinação contra hepatite A, tifo, poliomielite, difteria e tétano. Aconselham-se igualmente roupas que cubram todo o corpo e repelentes contra moscas e insetos que transmitem enfermidades viróticas. Há possibilidade de contracção de malária nas áreas rurais por todo ano. Por favor, informe-se, atempadamente, junto ao seu médico de família ou no Instituto de Higiene e Medicina tropical sobre possíveis profilaxias. Somente na cidade de Belize, em Belmopan e centros turísticos estão assegurados bons serviços de assistência médica. É importante possuir um seguro de saúde válido em todo o mundo e que assegure explicitamente a repatriação de Belize ou transferência para um outro país, em casos de emergência. Além disto, recomendamos o consumo de água engarrafada; os frutos devem ser descascados e as verduras e legumes deverão ser cozidos. Visto haver perigo de infecção, deve-se portar também um pequeno kit de remédios consigo.

Entrada no país:
Os cidadãos nacionais deverão apresentar seu passaporte com validade mínima de seis meses. Actualmente não há exigência de visto de turista para a permanência de 30 dias; caso o visitante deseje permancer por mais tempo, deverá requer o visto 4 semanas e meia antes do início da viagem, no Consulado Geral de Belize, em Lisboa. Para maiores informações a respeito de recentes determinações legais quanto à vacinas, entrada e segurança, informe-se junto ao consulado ou no seguinte enlace: http://www.secomunidades.pt/web/guest/listapaises/ ou http://www.belizeconsulateportugal.com/services.html

Chegada e prosseguimento da viagem:
Para os visitantes que cheguem a Belize por avião a entrada no país é no Phillip Goldson International Airport (BZE), que é servido por boas conexões da Europa. As ilhas com barreiras de recife, importantes para a indústria turística, podem ser alcançadas por táxi-barco a partir da cidade de Belize. De Lisboa (LIS), há voos oferecidos pela TAP Air Portugal (TP) em codeshare com a Continental Airlines (CO), via Nova Iorque-Newark (EWR) e Houston (IAH); ou pela Continental Airlines (CO) em codeshare com a British Airways (BA) via Londres-Heathrow (LHR) e Nova Iorque-Newark (EWR).

Capital:
Belmopan é a capital do país desde 1970. A cidade foi planeada e construída como o resultado de um ciclone tropical devastador, que destruiu a antiga capital - Belize City - em 1961. Belmopan possui cerca de 15.000 habitantes. O novo prédio do parlamento, construído no estilo da arquitectura clássica maia é a única atracção desta pequena cidade administrativa. Todos os outros edifícios importantes, bem como as companhias internacionais e embaixadas estrangeiras encontram-se em Belize City, que está ligada a Belmopan por uma auto-estrada moderna, construída recentemente. Com cerca de 80.000 habitantes, a antiga capital - Belize City - é a maior cidade do país e abriga também o porto mais importante e o maior terminal rodoviário, de onde partem os autocarros para todos os destinos no país e, inclusive, para a Guatemala. Outras atracções ainda são a swing bridge, no centro da cidade, a câmara municipal em estilo colonial, a antiga embaixada dos E.U.A., a igreja baptista na Queen Street e o farol no porto do Forte George.

Atrações turísticas e praias:
Há muito que ver em Belize. O país possui uma das melhores zonas de mergulho no mundo. O recife é o maior do hemisfério norte. Os grande sítios arqueológicos maia também são importantes destinos turísticos para muitos visitantes a Belize. O país divide a rica herança cultural maia com os países vizinhos - Guatemala e México. Supõe-se que haja no país perto de 1.400 ruínas em Belize que ainda não fdoram descobertas. A colonização maia deu-se a cerca de 4.000 anos atrás e, durante o período do ouro, entre 250 e 900 a. C., a população cresceu para mais de um milhão. Alguns sítios importantes são: Lamanai, Nobmul e Cuello, que encontram-se no Orange Walk District. Lamanai é um dos maiores sítios maia descoberto, ainda com muitos remanescentes arqueológicos da era maia. Enquanto muitos outros sítios foram abandonados por falta de alimentos, já à chegada dos colonizadores espanhóis, Lamanai permaneceu densamente populosa. Vale a pena ser visitadas as duas igrejas espanholas e o moinho de açúcar, localizados no meio da floresta tropical. As ruínas de Lamanai são acessíveis por autocarro, barco ou avião.

Outro sítio maia importante são as ruínas de Caracol no planalto Vaca, na província de Cayo, situadas no sopé das Montanhas Maia. Caracol é muito difícil de ser alcançado, principalmente durante a estação das chuvas e é considerado o maior centro maia no país. O maior edifício construído no país, a pirâmide de Canaa, encontra-se em Caracol. A beleza única de Canaa, com 43 metros de altura e cercada pela floresta tropical, deixa uma grande impressão no visitante, especialmente em noites de lua cheia. Outros sítios maias importantes na província de Cayo são: Xunantunich, El Pilar, Cahal Pech e Pacbitun. Há também um sem-número de outros sítios maia mais ou menos importantes espalhados pelo país, que foram somente descobertos há pouco ou que ainda estão inexplorados.

A barreira de corais no golfo do México foi declarada pela UNESCO como património da humanidade, desde 1996 e também as ruínas maia são os destinos turísticos mais importantes no país. Para muitos mergulhadores, a costa de Belize é um sonho, pois os corais ainda estão intactos e oferecem um mundo submarino colorido aos mergulhadores. O mundo submarino é densamente povoado por peixes e outras criatura marinhas. As mais de 200 ilhas ao longo da barreira de corais é chamada Cayes. A mais famosa e também a maior destas é Ambergris Caye, que era originalmente habitada pelos maias e, graças à excelente infraestrutura, tornou-se o maior centro turístico do país. Ambergris Caye é um ponto de partida ideal para explorar as ilhas confinantes.

Religião:
A maioria da população belizenha é cristã, predominantemente católica. O catolicismo praticado pelos descendentes dos maias é um misto de xamanismo, animismo e rituais católicos.

Cidades grandes
:
Belize City, San Ignacio, Orange Walk, Belmopan, Dangriga e Corozal Town.

Os voos regulares e baratos preferidos de e para Belize / BZ