Bélgica (BE)


A Bélgica é uma monarquia parlamentar, na Europa Ocidental, dividida em três regiões: a região de Flandres, a região da Valónia e a região de Bruxelas. Com os Países Baixos e Luxemburgo, a Bélgica compõe o BENELUX. Este país está confinado pela Alemanha, pela França e pelo Mar do Norte.

Geografia:
A Bélgica tem duas grandes regiões geográficas diferentes: no norte, em Flandres, há uma ampla planície que não ultrapassa aos 100 metros. Ao sul, na Valónia, há uma paisagem mais colinosa, principalmente nas montanhas das Ardenas, onde está a maior elevação do país, o Botrange com 694 metros. O rio mais longo da Bélgica é o Schelde, que nasce na França e atravessa a Bélgica por 200 km. Ele passa por Antuérpia e desagua nos Países Baixos, no Delta do Reno e do Maas. O maior lago do país é o lago de la Plate-Taille que ocupa cerca de 370 hectares.

Clima:
Na Bélgica domina, principalmente, um clima ameno, marcado por invernos amenos com temperaturas em torno de 7° C e verões quentes, com temperaturas em torno de 25°C. Nas regiões costeiras o clima é muito húmido e com nevoeiros. A temperatura altera muito rapidamente. O verão, frequentemente, traz fortes tempestades. Nas Ardenas, no entanto, domina completamente o clima de montanha, com queda de neve regular.

Idioma:
A Bélgica possui três línguas oficiais: holandês, francês e alemão, que estão divididas diferentemente. Na região ode Bruxelas, dominam o francês e o holandês; no norte flamengo, o holandês; e no sul valão, o francês. Estima-se que 1% da população (a minoria) seja falante de alemão; 60% seja falante de holandês ; e 40% seja falante de francês.

Capital:
Bruxelas, capital da Bélgica desde 1830, está no centro da região homónima e possui cerca de 145.000 habitantes. É sede do Conselho Europeu e da Comissão Europeia. Esta cidade abriga mais de 1.000 instituições europeias e internacionais, de modo que é frequentemente denominada a capital da Europa. A população de Bruxelas é composta por 30% de estrangeiros, o que lhe confere um carácter cosmopolita. Se em Bruxelas é escrita a história atual e futura da Europa a cada dia, esta cidade tem um passado glorioso, que faz-se notar em sua arquitectura magnífica, iniciando pela Grand Place (desde 1988 declarada pela UNESCO como património cultural da humanidade). E, com razão, a Grand Place é considerada uma das praças mais bonitas do mundo. A imponente cámara municipal é originária do século XV, em estilo gótico. Está ladeada por vários outros edifícios, originários em sua maioria no século XVII, com suas fachadas barrocas. Bruxelas também é conhecida como a capital da Arte Nova e do Jugendstil, com construções tais como o Palais Stoclet, na Avenue de Tervueren 281, feito pelo arquitecto vienense Josef Hoffmann. Algumas peças de seus interiores foram feitas por Gustav Klimt. Este palacete é também parte da lista de patrimónios culturais da humanidade da UNESCO, igualmente a casa de Victor Horta, que deixou inúmeros edifícios espalhados por Bruxelas. A Horta Haus também é um museu. O edifício mais significativo da arquitectura contemporánea de Bruxelas é o Atomium. Esta escultura de 102 metros de altura, em que se pode entrar, foi construída em 1958 para a Exposição Mundial e, após a qual, deveria ser destruída. No entanto, esta obra tornou-se tão popular e actualmente é um ímã de turistas.
Bruxelas não oferece tão-somente tesouros arquitetónicos, mas também uma vida cultural muito intensa a todo turista. Entre muitas, estão os teatros (o Théâtre de la Monnaie) e museus de todo o tipo, tais como o Museu Real de Arte, o Museu das Armas ou o Museu dos Quadrinhos.

Atrações turísticas:
Antuérpia, no norte do país, encontra-se na região homónima em que se fala o holandês. Esta cidade conta com cerca de 460.000 habitantes. Sua localização, às margens do rio Escalda (holandês: Schelde; francês: Escaut) tornou-lhe possível transformar-se em um dos portos mais importantes da Europa Central e Ocidental. É considerada também uma das mais importantes bolsas de diamantes do mundo. Além da Bolsa e do Museu de Diamantes, cerca de 1.600 firmas estabeleceram-se ali. Tal como Bruxelas, Antuérpia possui também uma magnífica Grand Place com fachadas em estilo gótico, renascentista ou barroco que foram um conjunto arquitetónico impressionante. A cámara municipal, por exemplo, foi construída no século XVI em estilo renascentista. A torre da catedral de Antuérpia eleva-se a 123 metros sobre a Grand Place. Sua construção iniciou-se em 1.352. Esta catedral é um exemplo maravilhoso de arquitectura gótica e abriga duas pinturas de Rubens: Elevação da Cruz”, e «A descida da Cruz», que é originário da cidade. A cidade também oferece interessantes museus, entre os quais, o Museu Real de Belas Artes e o Museu da Navegação em Steen, um antigo castelo do século IX. Os amantes da Arte de Rubens não devem perder uma visita à casa de Rubens. Em sua residência, projectada e planeada por ele mesmo, encontrava-se seu atelier até sua morte em 1640. Ali estão expostas cerca de 10 de suas obras. O Zoológico de Antuérpia goza de grande popularidade por suas quase 500 espécies e, por isto, recebe anualmente cerca de 1,3 milhões de visitantes.

Bruges encontra-se em Flandres Ocidental, onde fala-se o holandês. Tem cerca de 120.000 habitantes. Frequentemente é denominada como a “Veneza do Norte”, devido aos seus incontáveis canais. O auge de Bruges foi entre os séculos XII e XV - principalmente devido à manufactura de tecido e ao comércio com outros portos importantes, tais como Londres, Génova ou Veneza. Ao final da Idade Média Bruges era a cidade mais rica na Europa Setentrional.

Cidades:
Bruxelas, Genta, Antuérpia e Bruges.

Os voos regulares e baratos preferidos de e para Bélgica / BE




2 Voos semanais Com Deutsche Lufthansa, Swiss International Air Lines, Brussels Airlines, United Airlines, Air Canada

5 Voos semanais Com Brussels Airlines, TAP Air Portugal






35 Voos semanais Com TAP Air Portugal, Finnair, Brussels Airlines, Etihad Airways

5 Voos semanais Com Brussels Airlines, Etihad Airways, TAP Air Portugal








6 Voos semanais Com TUI fly Belgium, Brussels Airlines